Reintervenção endodôntica em molar inferior com anatomia complexa: Relato de caso

Cintia Borges, Thomas Lazaridis, Rodrigo Antônio de Faria, Renata Pereira Georjutti

Resumo


O conhecimento da complexidade anatômica do sistema de canais radiculares, com suas variações, principalmente em relação ao número de raízes, condutos e curvaturas, facilita o entendimento na localização e negociação dos canais radiculares.  Avanços tecnológicos e do conhecimento científico têm contribuído para ampliação das taxas de sobrevida de dentes submetidos ao retratamento não cirúrgico. A inclusão e integração de novas tecnologias permitem maior praticidade e rapidez na execução dos procedimentos clínicos, qualificando o tratamento. Este trabalho tem como objetivo relatar um caso de retratamento endodôntico não cirúrgico de um molar inferior que apresenta sintomatologia e presença de reabsorção óssea periapical, com a utilização de ferramentas tecnológicas disponíveis, respaldadas em conhecimentos científicos atualizados. Desobstrução do canal e novo preparo biomecânico foi realizado com sistema reciprocante mecanizado, onde com o uso de magnificação foi possível a localização e tratamento de 5 condutos.  Portanto, é essencial um cuidadoso exame radiográfico prévio, além da exploração da câmara pulpar com instrumentos adequados, auxiliados com magnificação visual, para que variações anatômicas como estas possam ser identificadas e tratadas com sucesso, sendo que, o uso de tecnologias em Endodontia contribui para a simplificação, precisão e qualificação do atendimento oferecido.

Palavras-chave: retratamento endodôntico; reintervenção endodôntica; variações anatômicas.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.