Reabilitação estética do sorriso por meio de procedimento restaurador direto com resina composta: relato de caso

Renata de Paula Vargas, Davisson Alves Pereira, Marcela Gonçalves Borges, Fernanda Pereira Silva, Murilo Sousa de Menezes

Resumo


Pacientes acometidos por traumas em dentes anteriores são comumente encontrados na prática clínica. Estes traumas ocasionam diversas complicações, podendo prejudicar função, fonética e estética. A resina composta nanohíbrida é uma excelente escolha em situações com grande demanda funcional e estética, por apresentar propriedades mecânicas e ópticas semelhantes a estrutura dentária. Paciente do gênero masculino, 24 anos, procurou a clínica da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Uberlândia, com queixa de escurecimento do dente 21 e histórico de traumatismo dento-alveolar e os dentes 12 e 22 com formatos insatisfatórios.  Na avaliação inicial notou-se presença de vitalidade pulpar no dente 21, porém com restauração em resina composta insatisfatória. Foi proposto o planejamento composto por 4 etapas: protocolo fotográfico, wax-up (enceramento diagnóstico), mock-up (simulação das restaurações na boca do paciente com resina bisacrílica) e facetas diretas em resina composta. Em seguida, foi realizado a seleção de cor, remoção da restauração insatisfatória do dente 21 e preparo para faceta convencional direta. Nos demais dentes (13,12,11,22,23) as facetas foram confeccionadas por acréscimo por meio da técnica de estratificação. Para finalizar, foi realizado o ajuste oclusal, acabamento e polimento.


Texto completo:

Reabilitação estética

Apontamentos

  • Não há apontamentos.