Cirurgia parendodôntica associada ao retropreparo e retrobturação com MTA - Relato de caso clínico

Laiz Leão dos Santos, Cristiane da Cruz Silva, Ana Flávia Costa, Rodrigo Antônio de Faria

Resumo


Apesar das altas taxas de sucesso superior a 90%, o tratamento endodôntico está sujeito às falhas, as quais podem ocorrer devido a diversos fatores. O principal fator de falha nos casos de tratamento endodôntico é a desinfecção incompleta e a recolonização bacteriana. Desta forma, a presença da lesão periapical é o principal fator para determinação do insucesso e caracteriza a necessidade de um novo manejo no dente afetado. O retratamento endodôntico convencional deve ser a primeira opção nos casos de insucessos endodônticos. Porém, o retratamento cirúrgico e suas modalidades, são uma excelente alternativa de custo benefício, porque, quando a tentativa de conter os microrganismos na porção apical não for possível ou solucionável com o acesso coronário, a cirurgia periapical representa um complemento da terapia.O procedimento cirúrgico envolve a abertura de uma janela óssea, com remoção do ápice dental e posterior obturação retrógrada, impedindo a entrada de microorganismos nos canais. O objetivo deste trabalho foi descrever, por meio de um relato de caso clínico, a cirurgia parendodôntica associada ao retropreparo e retrobturação com MTA, do elemento 11 com prótese dentária e núcleo metálico fundido satisfatório e presença de Periodontite Apical Crônica.

Palavras-chave: Endodontia; Cirurgia; Periodontite; Mineral trióxido agregado MTA

 


Texto completo:

Cirurgia parendodôntica

Apontamentos

  • Não há apontamentos.