Frenectomia labial em odontopediatria: Revisão de literatura

Reijane Paula Cavalcante Siqueira, Laiza Fernandes Martins, Maria Cláudia Araújo Teodoro, Marília Rodrigues Moreira, Thiago de Amorim Carvalho, Fabrício Campos Machado

Resumo


Os freios labiais superiores podem apresentar alterac?o?es no seu tamanho, posic?a?o e forma. Possuem uma estrutura modifica?vel, estando sujeitos a mudanc?as significativas ao longo das diferentes fases de crescimento e desenvolvimento da crianc?a. As inserc?o?es anormais do freio labial superior provocam uma trac?a?o anormal dificultando os movimentos labiais, limitando uma boa fonac?a?o e remoc?a?o de placa bacteriana, induzindo ha?bitos viciosos, afetando tecidos periodontais e este?tica. Na maioria das vezes a intervenc?a?o ciru?rgica e? necessa?ria para resoluc?a?o do problema. Pode ser indicado a frenectomia, que e? a remoc?a?o total da estrutura do freio, ou frenotomia que e? o reposicionamento do mesmo. E? importante um correto diagno?stico para que o tratamento de escolha seja conforme sua gravidade. Assim, este estudo tem como objetivo realizar uma revisa?o da literatura sobre o assunto, buscando contribuir para um melhor diagno?stico e tratamento de freios labiais superiores com alterac?o?es.

Palavras-chave: Frenectomia em Odontopediatria, freio labial, frenectomia labial.


Texto completo:

Frenectomia labial

Apontamentos

  • Não há apontamentos.