Sedação consciente com óxido nitroso e oxigênio em odontopediatria: Revisão de literatura

Paula Geovanna Carvalho de Andrade, Laíza Fernandes Martins, Maria Cláudia Araújo Teodoro, Marília Rodrigues Moreira, Thiago de Amorim Carvalho, Fabrício Campos Machado

Resumo


Por conta de relatos e histo?rias passadas, o tratamento odontolo?gico e? visto como um meio de se submeter a dor, que e? relativa a ansiedade, nervosismo e estresse. Em meio ao conhecimento dessas adversidades, a Odontologia passou por evoluc?o?es capazes de desenvolver te?cnicas na tentativa de reduzir esses fatores e assim, melhorar o atendimento em via de ma?o dupla, ou seja, tanto para o paciente, quanto para o Cirurgia?o-Dentista. Especificamente na odontopediatria, essas te?cnicas se tornam ferramentas para um bom manejo comportamental ja? que a crianc?a esta? suscepti?vel ao medo e diversas reac?o?es frente a este sentimento. Com grande destaque, a sedac?a?o com o?xido nitroso ganha espac?o por proporcionar sedac?a?o consciente e com func?a?o de tranquilizar o paciente com rapidez e seguranc?a diminuindo a percepc?a?o da dor, ni?veis de ansiedade, afim de influenciar no comportamento. Pore?m, exige grande habilidade te?cnica e teo?rica para garantir sucesso no procedimento e dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi, atrave?s de levantamento de artigos cienti?ficos, uma revisa?o de literatura sobre a sedac?a?o consciente com o?xido nitroso na cli?nicaodontolo?gica. Desse modo, verificar indicac?o?es e contra-indicac?o?es e esclarecer normas e procedimentos de seguranc?a para a sedac?a?o com o?xido nitroso.

Palavras-chave: Sedac?a?o consciente; Odontopediatria; Manejo Comportamental 


Texto completo:

Sedação consciente

Apontamentos

  • Não há apontamentos.