Heterocontrole da fluoretação da água de abastecimento público de Uberlândia, Minas Gerais, Brasil

Paula Katywska Gonçalves Montes, Marília Rodrigues Moreira, Mateus Quirino Pereira, Luiza Hamdan, Thiago de Amorim Carvalho, Fabrício Campos Machado

Resumo


A fluoretac?a?o da a?gua de abastecimento pu?blico tem participac?a?o comprovada na reduc?a?o dos i?ndices de prevale?ncia da ca?rie denta?ria e para garantir a efica?cia preventiva da fluoretac?a?o, evitando a fluorose, e? indispensa?vel o controle operacional associado ao heterocontrole. O objetivo desse estudo foi analisar os teores de flu?or na a?gua de abastecimento pu?blico de Uberla?ndia-MG ale?m de comparar os valores encontrados com os dados do controle operacional (DMAE) e um laborato?rio de refere?ncia (UNICAMP). Foram coletadas 126 amostras por um peri?odo de 6 meses. As amostras foram analisadas pela te?cnica eletrome?trica, inicialmente na Universidade Federal de Uberla?ndia (UFU) e depois pelo laborato?rio de refere?ncia. Atrave?s do teste Generalized Estimating Equations (GEE) os dados foram comparados entre si e tambe?m com os dados de controle operacional. Observou-se diferenc?a estati?stica entre os laborato?rios, entre os momentos avaliados e tambe?minterac?a?o entre laborato?rio e tempo. Mesmo com variabilidade entre os resultados pode-se concluir que o flu?or esta? presente na a?gua de abastecimento do munici?pio de Uberla?ndia com teores dentro dos padro?es recomendados pelo Centro Colaborador do Ministe?rio da Sau?de em Vigila?ncia da Sau?de Bucal (CECOL) quanto a concentrac?a?o de fluoretos e a populac?a?o tem sido assistida de forma segura.

Palavras-chave: sau?de pu?blica; fluoretac?a?o; sau?de bucal


Apontamentos

  • Não há apontamentos.