Transtornos comportamentais da infância e o atendimento odontopediátrico: Revisão da literatura

Andressa Aparecida Vargas Furtado de Mendonça, Maria Flávia Alves dos Reis Barreiros, Reijane Paula Cavalcante Siqueira, Marília Rodrigues Moreira, Thiago de Amorim Carvalho, Fabrício Campos Machado

Resumo


O autismo ou transtorno do espectro autista (TEA) e? um distu?rbio de desenvolvimento na fala, no relacionamento com outros e no aprendizado. O TEA na?o tem uma etiologia muito definida, alguns autores falam que e? desconhecida outros ja? falam que a etiologia e? multifatorial, associado a fatores gene?ticos. O transtorno do espectro autista acomete na grande parte das vezes, o sexo masculino, a prevale?ncia e? 4 vezes mais do que o sexo feminino. O TEA esta? entre os tre?sdistu?rbios comportamentais que mais acomete a populac?a?o mundial. O TDAH ou Transtorno de De?ficit de Atenc?a?o e Hiperatividade e? um conjunto de sintomas que envolvem a desatenc?a?o, impulsividade e a hiperatividade. Seu ini?cio ocorre na infa?ncia e tem comprometimento neuro-comportamental. A prevale?ncia no sexo masculino e? tre?s vezes mais que o sexo feminino. A etiologia do Transtorno de De?ficit de Atenc?a?o e Hiperatividade e? apontada por fatores gene?ticos e fatores ambientais. Dentre todos os transtornos e/ou alterac?o?essiste?micas que acometem as crianc?as, os transtornos comportamentais figuram entre aqueles que talvez requeiram maior atenc?a?o do profissional da Odontologia infantil, ja? que interferem diretamente no gerenciamento comportamental e consequentemente no condicionamento e sucesso do tratamento odontopedia?trico.

Palavras-chave: Autismo; TDAH; Odontopediatria

Texto completo:

Transtornos comportamentais

Apontamentos

  • Não há apontamentos.