Analisar o efeito da porosidade gerada no interior de restaurações diretas de resinas compostas com a técnica incremental associada a base de ionômero de vidro e com resinas bulk fill

Helen Keler Amorim Silva, Renata Afonso da Silva Pereira, Aline Aredes Bicalho, Luciana Mendes Barcelos, Lais Rani Sales Oliveira, Carlos José Soares

Resumo


Objetivo: Analisar o efeito da porosidade gerada no interior de restaurações diretas de resinas compostas construída com a técnica incremental associada a base de ionômero de vidro e com resinas bulk fill. Métodos: Vinte molares intactos receberam preparação padronizada da cavidade MOD, foram tratados endodonticamente e divididos aleatoriamente em 4 técnicas de enchimento (n = 5): duas resinas compostas convencionais incrementais convencionais (Filtek Z350XT, 3M ESPE; TPH Spectrum, Dentsply) associadas ao vidro modificado por resina cimento de ionômero, (Vitremer (IOV), 3M ESPE) para preenchimento de câmara de polpa; e duas resinas compostas para preenchimento único: composto de resina de baixa viscosidade (fluxo Surefill SDR, Dentsply) associado ao TPH3 Spectrum; e um composto de resina de alta viscosidade (Filtek Bulk Fill Posterior, 3M ESPE). O volume da porosidade dentro da restauração foi calculado por micro-CT. Os dados foram analisados por ANOVA one-way e teste de Tukey. O modo de fratura foi analisado pelo teste Qui-quadrado. Resultados: Compósitos de resina pela técnica incremental associados ao IOV resultaram em porosidade significativamente maior do que as duas técnicas de preenchimento único. Conclusões: O uso do IOV para preencher a câmara pulpar associada a resinas compostas incrementais resultou em maior geração de bolhas.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.