Intervenção cirúrgica em odontoma composto como fator de impedimento na irrupção dentária

Íthalo Watty Braz Bispo, Aletheia Morae Rochas, Flávio Nunes da Fonseca, Lia Dietrich, Mayra Maria Coury de França

Resumo


Os odontomas são os tipos mais comuns de tumores odontogênicos, considerados como anomalias de desenvolvimento, em vez de neoplasia verdadeiras. Quando totalmente desenvolvidos, os odontomas consistem principalmente em esmalte e dentina, com quantidades variáveis de polpa e cemento. Podem ser classificados como composto ou complexo. O objetivo deste trabalho é relatar o caso clínico e tratamento de paciente com odontoma composto. Paciente GRS, gênero masculino, 13 anos de idade compareceu à clínica odontológica para consulta de rotina, e durante exame clínico observou-se ausência do elemento 32. Foram solicitados exames complementares por imagem (Radiografia Panorâmica e TCFC) através dos quais observou-se a presença do elemento 32 não irrompido e quatro imagens hiperdensas, de limites bem definidos, localizadas na região lingual dos dentes 33 e 34; sugerindo odontomas compostos. O tratamento proposto foi a remoção cirúrgica associada à intervenção ortodôntica. Durante o procedimento cirúrgico foi realizada exodontia do elemento 32 e dos quatro odontomas compostos e feito enxerto ósseo xenógeno para preenchimento dos alvéolos. Aguardou-se um período de três meses para osseointegração para dar continuidade ao tratamento ortodôntico.


Texto completo:

Intervenção cirúrgica

Apontamentos

  • Não há apontamentos.