Gengivoplastia associada à osteoplastia: quando e por que utilizar?

Luiza Mara da Silva Cunha, Leandro Pacheco Carvalho, Ludimila Alves da Silva, André Rodrigues Ferreira, Taís Alves dos Reis

Resumo


Este relato de caso clínico tem como objetivo descrever a técnica da gengivoplastia associada à osteoplastia para harmonização do sorriso gengival, devolvendo ao paciente uma estética mais satisfatória. A técnica de gengivoplastia pode ou não ser associada à osteoplastia, de acordo com a indicação de cada caso. Paciente procurou a Clínica Odontológica da Faculdade Patos de Minas queixando-se de desconforto em relação a estética de seu sorriso na região de pré-molar a pré-molar superior. Foi realizada anamnese, análise facial, do sorriso e exame clínico. Constatou-se no exame clínico um biotipo gengival médio e, através da sondagem com sonda milimetrada o espaço biológico inadequado. Foi proposto à paciente a gengivoplastia associada à osteoplastia para adequação do espaço biológico e correção do sorriso gengival, sem a necessidade de demais tratamentos. Foi realizado a remoção de sutura com 7 dias e acompanhamento por 30 dias. Resultado: Durante o acompanhamento constatou-se que os objetivos propostos foram alcançados, com satisfação do paciente. Conclusão: A técnica de gengivoplastia associada à osteoplastia tem resultados satisfatórios nos casos em que o paciente apresenta excesso de exposição gengival, favorecendo a estética e restabelecendo o espaço biológico.


Texto completo:

Gengivoplastia associada

Apontamentos

  • Não há apontamentos.