Retratamento endodôntico e uso de MTA como tampão apical em dente com histórico de traumatismo: Relato de caso

Danielle Cardoso, Ravane Carol Ribeiro Sá, Patrick Baltieri, Daiane Nogueira, Rodrigo Antônio de Faria, Renata Pereira Georjutti

Resumo


O preparo químico-mecânico dos canais radiculares é de fundamental importância para o sucesso clínico da terapia endodôntica. Em algumas situações, podem ocorrer falhas e insucessos, e a reintervenção endodôntica ser indicada. Nessa etapa, dentes com reabsorção apical externa ou que apresentam ápices incompletamente formados exigem um atendimento de excelência do profissional pelo fato de ocorrer dificuldades principalmente no momento da obturação, ocorrendo o risco de iatrogenias como extravasamentos à região periapical o que pode comprometer o prognóstico do tratamento. Para vencer esses desafios, foi incorporado ao mercado odontológico um biomaterial, o MTA (Agregado Trióxido Mineral), que apresenta várias indicações, dentre elas a realização de uma barreira ou tampão apical (plug apical). Frente ao tema abordado, o objetivo deste trabalho foi apresentar através de relato de caso clínico um retratamento endodôntico com uso de MTA como tampão apical em um dente anterior com histórico de traumatismo. O caso clínico descrito demonstra o restabelecimento das funções mastigatória e estética, por meio dos procedimentos endodônticos e reabilitadores executados. O tratamento realizado comprovou sua eficácia no fechamento da região apical, por meio da utilização do tampão apical de MTA, o que evidenciou o sucesso, as vantagens do material e da modalidade terapêutica realizada.


Texto completo:

Retratamento endodôntico

Apontamentos

  • Não há apontamentos.