Uso da Toxina Botulínica em pacientes com paralisia facial

Ana Paula Venâncio Mendes, Giurle Placídio Medeiros Silva, Vanessa Souza Leite, Marília Ferreira Andrade

Resumo


O uso da substância Toxina Botulínica vem crescendo enquanto técnica para finalidade estética-funcional em diversas áreas da Odontologia. A Toxina Botulínica tipo A tem mostrado grande relevância em tratamentos de pacientes com paralisia facial uni ou bilateral, buscando sempre como objetivo a melhora do conforto e qualidade de vida dos pacientes afetados (MAIO et al e colaboradores,2006). Para a utilização da Toxina Botulínica é necessário que o cirurgião dentista tenha habilitação e experiência, pois sua aplicação de maneira negligente pode acarretar o comprometimento dos músculos faciais de forma irreversível. Este trabalho apresenta uma revisão de literatura sobre a utilização da Toxina Botulínica, em pacientes com paralisia facial e analisa o impacto na qualidade de vida dos pacientes bem como sua efetividade.


Texto completo:

Uso da Toxina Botulínica

Apontamentos

  • Não há apontamentos.